sábado, 10 de janeiro de 2015

DêNews, 10/01/2015: Denise Abreu entrevista Gilson da Silva Paula

Sobre fraude nas eleições brasileiras em 2014. Analista de sistemas com 20 anos de experiência faz nova análise dos gráficos divulgados na mídia nacional e reforça a suspeita internacional, que será debatida no Conclave de Washington em 21 de marco de 2015, de fraude eleitoral nas eleições presidenciais de 2014 no Brasil.

Análise gráfica e estatística realizadas por Gilson da Silva Paula aqui: https://www.facebook.com/gilson.dasilvapaula/posts/737327169707489

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Eu apoio o Conclave de Washington

Maiores informações e doação em dólares: https://fundrazr.com/campaigns/cv1Qb/sh/a4NMif
Doações em reais via boleto bancário ou cartão nacional: http://www10.vakinha.com.br/VaquinhaE.aspx?e=337187

PARTICIPEM colaborando economicamente, divulgando, curtindo, compartilhando e comparecendo ao evento, um projeto do Dalmo Accorsini.

5338ceccf45d449cbe4807133c5a0780

Estaremos todos lá em defesa de nosso PAÍS!

E lá a imprensa não deixara de divulgar as exposições e debates.

Caindo na mídia internacional até a REDE GLOBO de TV terá que repercutir.

"O Conclave, que terá alcance internacional, busca congregar os líderes da oposição e ativistas políticos da América Latina para denunciar o Foro de São Paulo, organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, destinada a transformar todos os países sul-americanos em repúblicas comunistas similares a Cuba.

No Conclave também será denunciada a fraude eleitoral no Brasil, segundo informa a página do movimento no FundRarz, site destinado ao recolhimento de donativos para causas sociais, políticas, ambientais e motivos análogos.

A campanha no FundRazr foi criada pelo ativista Dalmo Accorsini, um brasileiro que há alguns anos vive e trabalha na Flórida, Estados Unidos, visando angariar donativos para ajudar a viabilizar o evento. As doações podem ser feitas a partir de qualquer país.

O já denominado “Conclave de Washington” também denunciará a empresa venezuelana Smartmatic, considerada “aparelho” para subverter a democracia na Venezuela, Nicarágua, Bolívia, El Salvador, Equador e Brasil.

O Conclave terá um webcast ao vivo e as pessoas poderão interagir com os participantes por meio do Skype em tempo real.

No final, concluindo o evento, será realizada uma conferência de imprensa denunciando o ataque comunista bolivariano e os países afetados pelo populismo e regimes autoritários, também conhecidos como “bolivarianos” ou “socialistas do século XXI”.

Segundo os organizadores, o Conclave para a Democracia, contará com a presença de personalidades políticas de relevo em nível global, como o ex-primeiro ministro da Espanha, José Maria Aznar; o ex-presidente colombiano e atual senador Alvaro Uribe; o ex-presidente mexicano Vicente Fox, o ex-governador da Flórida, Jeb Busch e o senador pelo Partido Republicano, Marco Rubio, cotado para concorrer à sucessão de Barack Obama.

Além dessas lideranças está prevista pelos organizadores a participação de outros nomes de destaque no cenário político regional e internacional.˜